Meditação das Chaves de Hekate

Essa meditação foi criada por mim e autorizo a reprodução em meios não-comerciais, desde que citada e linkada à esta página.

Você pode gravar com sua voz essa meditação no celular, para ajudar no momento da meditação. Recomendo que esteja deitado(a) ou sentado(a) em uma posição confortável, de preferência com um cobertor, em um local tranquilo, sem interrupções. Feche os olhos e respire fundo, até se sentir relaxado(a).

Você se vê em uma floresta densa e úmida. Está anoitecendo, é aquele momento em que já não é mais dia, mas também ainda não é noite. Você olha para o alto e se depara com um céu límpido, sem nuvens e sem lua - é noite de lua negra. Você sente aquele aroma de terra úmida logo após uma tempestade. Ao longe, atraída pelos latidos de cães, você começa a caminhar por uma trilha. Conforme anda, percebe a presença de uma energia antiga, que fica cada vez mais forte à medida que os latidos dos cães ficam mais alto. Você continua caminhando, até que se depara com uma encruzilhada tripla. Você para e vê que, próximo dali, há um enorme carvalho. Você nota que a grama ao redor se move e por trás da árvore surgem três cães negros, que se aproximam de você. Eles chegam muito perto e te examinam, te cheiram, andando ao seu redor, enquanto você permanece imóvel. Então você percebe que um dos cães carrega um molho de chaves na boca e ele entrega as chaves em suas mãos. São chaves antigas e muito belas, cheias de detalhes. Distraída olhando as chaves, você logo em seguida nota que já está totalmente escuro agora, mas você vê duas luzes de tochas que uma mulher carrega e se aproxima, vestindo um manto preto e longo, você entende imediatamente que é Hekate. Os cães se unem à ela e voltam a latir em uníssono. Você não consegue ver o rosto dela claramente, mas percebe que duas cobras estão enroladas ao redor dela. Então Hekate, em toda sua intensa presença, diz:

"Eu sou Hekate, aquela que guarda todas as chaves do Universo. Todos os limiares, como o momento de anoitecer que você chegou aqui, são do meu domínio. Eu sou aquela mais antiga, sou a Alma Cósmica do Universo, sou a Senhora de todos os Portais na terra, no céu e no mar. Eu sou a Escuridão Total, mas eu também sou aquela que caminha com as tochas iluminando e guiando nas noites sem lua. Eu sou aquela que guiou Perséfone pelo submundo e que ajudou Deméter à encontrar a amada filha. Eu posso me apresentar como Soteira, a Salvadora; Pammetor, Mãe de Tudo e Todos; mas eu também sou Brimo, A Terrível, de Chamas Crepitantes, Senhora das Tempestades. E eu sou Anassa Eneroi, a Rainha dos Mortos. Se o seu coração é sincero e a sua intenção é verdadeira, você não tem que me temer, pois quando sente medo é porque está se deparando com suas próprias sombras. Eu sou Enodia, o próprio caminho, e também sou aquela que guia pelo caminho. Eu mostro o que está oculto com minha Luz Sagrada, com minha face como Hieros Pyr. Sou amante da verdade. Sou aquela que acolhe a sua alma e te ensina. Se você vêm à mim, saiba que terá uma longa jornada pela frente. Eu te guiarei, mas jamais farei o que é o seu trabalho, pois eu sou Hekate, aquela que protege e opera de longe."

Após ouvir as palavras de Hekate, você decide se manterá as suas chaves e caminhar pelos caminhos de Hekate, ou se devolverá as chaves à ela neste momento. Você deve decidir se está preparado(a) para seguir esse caminho, a decisão é totalmente sua nessa encruzilhada. Se a sua resposta é não, devolva as chaves à Hekate e a agradeça gentilmente. Se a resposta é sim, acolha as chaves em seu coração e perceba que com as chaves de Hekate você caminhará por caminhos de crescimento e desafios, medite sobre a importância dessa jornada. Quando se sentir pronto(a), agradeça à Hekate e se comprometa a honrá-la, pois ela lhe confiou as suas chaves. Ouça o que Hekate tem a lhe dizer, então se despeça de Hekate e volte ao seu corpo físico aos poucos, movendo devagar os dedos dos pés e das mãos e, quando estiver pronto(a), abra os olhos.




Faça parte da Comunidade Caverna de Hekate